HORÁRIOS PROFESSORES 24/03/14 Formação Continuada da Escola Recursos da Escola Notícias da Educação Notícias da Escola Jornais do Estado Fale Conosco

Quantidade de Páginas visitadas

Histórico



A Região Sudoeste iniciou o processo de colonização na década de 50 pela organização da estrutura fundiária em pequenas propriedades agrícolas. Somente a partir da década de 70 com o processo de industrialização do país acentuando o êxodo rural, aglomerando um número maior de pessoas ao redor das cidades buscando novas oportunidades de trabalho, com rendas fixas, mensais, diárias, semanais, aconteceu o processo político na busca e incentivo para a industrialização do município proporcionando maior número de empregos para atender a demanda da região.

A região norte do município onde se localiza o bairro Pinheirinho, foi privilegiada pela sua estrutura geográfica para desenvolver/criar um parque industrial, oportunidade que deu origem a outros bairros, totalizando mais ou menos 20.000 habitantes.

Em 1985, um grupo de professores de 1a a 4a série e comunidade da Escola Casemiro de Abreu, após pesquisa de campo, verificou que para concluir o ensino fundamental os alunos do bairro, teriam que se deslocarem às escolas distantes, pois os pais não teriam condições de pagar o transporte. Assim, em 1986 iniciou o ensino de 5a a 8a série criando a Escola Estadual Tancredo Neves, pela Resolução 5431/85 de 10/12/85, reconhecida pelo Decreto 764/90 de 26/03/90. Com o crescimento da demanda estudantil, em 1989 amplia-se para o período noturno e, em 1995 foi criado o Colégio Estadual Tancredo Neves Ensino Fundamental e Médio, se tornando portanto imprescindível redimensionar a escola para atender as necessidades da classe estudantil, ofertando nos anos posteriores a modalidade: Educação de Jovens e Adultos.

Conforme dados obtidos através de pesquisa junto à comunidade escolar, foi percebido que o bairro hoje apresenta uma realidade multicultural e o Colégio em contato com essa diversidade tem como compromisso a reelaboração e sistematização deste conhecimento com a formação de uma nova realidade cultural, assegurando a cultura da cidadania, que entendemos como consciência de direitos e deveres, possibilidade de criar novos direitos, capacidade de defendê-los contra o autoritarismo, a dependência e o arbítrio; evitando que a população estudantil seja submetida a consumir apenas a cultura dominante.










Validador

CSS válido!

Secretaria de Estado da Educação do Paraná
Av. Água Verde, 2140 - Água Verde - CEP 80240-900 Curitiba-PR - Fone: (41) 3340-1500
Desenvolvido pela Celepar - Acesso Restrito